A vida do homem moderno está cada vez mais voltada ao enfrentamento de situações críticas para a sua subsistência, situações geradoras de estresse. E a administração deste stress tem se mostrado uma ferramenta vital nas provas técnicas de administração empresarial.

Entre as ferramentas utilizadas na procura desta melhoria de qualidade de vida, a ginástica laboral tem tomado lugar de destaque em vários segmentos industriais e não mais somente entre as empresas de origem oriental.

A ginástica tem ganhado destaque em todo o Brasil. Em Teresina, empresas já usam o método com o intuito de prevenir o aparecimento de lesões ligadas a atividades dentro do ambiente de trabalho.

A Empresa Teresinense de Processamento de Dados irá realizar a atividade para seus funcionários, com o objetivo de melhorar a postura e os movimentos durante o trabalho; aumentar a resistência à fadiga; combater o sedentarismo; melhorar a capacidade de atenção e concentração.

“Realizaremos a ginástica (laboral) com o intuito de promover o bem estar geral; melhorar a qualidade de vida dos nossos funcionários, evitando lesões; diminuir o estresse ocupacional; prevenir e reabilitar as doenças ocupacionais. Queremos o melhor para o nosso funcionário, o que vai permitir sempre um bom rendimento na empresa”, afirmou o diretor da PRODATER, Patrick Silveira.

De acordo com recente estudo publicado pelo Ministério da Saúde, a ginástica laboral reduz em até 25% os acidentes de trabalho, aumenta em até 5% a produtividade no trabalho e reduz em até 15% as faltas ao serviço.

Fonte: 180graus

Categories:

Artigos Populares

;